Clínica Pediátrica Alberto Lima inaugura Pronto Atendimento nesta terça

Com 35 pediatras e 15 especialidades, a clínica funcionará de segunda a sexta, de 8h às 17 horas, e aos sábados, de 8h ao meio dia.


Foto: Acervo Pessoal

A clínica pediátrica Alberto Lima, que há 36 anos realiza atendimentos em Fortaleza, inaugura nesta terça, 1º, uma expansão de seus serviços. O estabelecimento passa a realizar pronto atendimentos pediátricos, com a possibilidade de uso de planos de saúde, além dos serviços particulares. 

Inaugurada em 1984, a clínica foi resultado do sonho do Dr. Alberto Lima, formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Residente no Ceará desde 1972, o médico foi sócio-fundador do Hospital Pronto Baby e co-fundador da residência médica de pediatria do Hospital Geral de Fortaleza. 

Seu amor pela pediatria foi tão grande que passou para a família. Duas filhas do Dr. Alberto, Mariana e Tina Lima, também exercem a especialização na clínica, enquanto Ana Lúcia, bioquímica e esposa do Dr. Alberto, estava à frente da administração. Outros filhos do casal, de diferentes profissões, também deixaram suas marcas, ressaltando a cultura familiar. 

Com 35 pediatras e 15 especialidades, a clínica funcionará de segunda a sexta, de 8h às 17 horas, e aos sábados, de 8h ao meio dia.

Uma história na Pediatria

Amante da medicina, do ensino e de crianças, o Dr. Alberto relembra com nostalgia o começo da sua trajetória como pediatra. “Pediatria é uma coisa nobre, maravilhosa. Desde criança eu queria ser médico, era meu desejo imenso”, ressalta. Antes pensando em estudar Patologia, Dr. Alberto foi convencido por sua professora, que dizia que o aluno tinha um talento natural para a especialização. 

Dr. Alberto ainda destaca que “enche o peito” para afirmar que foi aluno do doutor Luiz Torres Barbosa, um dos grandes nomes da pediatria brasileira e presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria em 1962 e 1963.

Professor nato e afirmando ter alma de criança, Dr. Alberto não deixa as boas memórias de lado, mas também não se esquece dos princípios que cultiva na pediatria. “Formamos muita gente em pediatria, sempre gostamos do ensinar, a Pediatria não existia sem o ensino da pediatria. Queremos promover um bom atendimento, uma vida nobre, ser exemplo”.

Sua esposa também compartilha das histórias, relembrando de como as crianças, que já conheciam a alma infantil do Dr. Alberto, insistiam em ser atendidas pelo médico. “Tem muitas histórias, de muitos clientes. Teve um menino que disse para a mãe que se ele deitasse e o doutor o visse, iria perguntar o que havia acontecido. E dito e feito”, conta Ana Lúcia. 

Dr. Alberto ainda destaca que o que mais chama atenção na pediatria é exatamente esses feitos das crianças. “É a singeleza do ser humano no alvorecer da sua vida. A coisa mais linda do mundo é uma criança. A gente tem que primeiro ter uma alma de criança, por isso eu tenho essa agregação com os meninos. Acho que por isso também eles me querem tanto o bem”.

 

 

COMENTÁRIOS