Eventos retomaram atividades presenciais nesta segunda; confira detalhes do protocolo

Protocolo foi desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet)

Foto: Divulgação

O Governo Estadual liberou a partir desta segunda-feira, 14, eventos presenciais com até 100 pessoas. A decisão, segundo o governador Camilo Santana (PT), foi realizada junto ao Comitê do Coronavírus e é decorrente dos resultados recentes da pandemia no Ceará e já era prevista pela Secretaria de Planejamento (Seplag).

Também em setembro, foram liberados museus, bibliotecas, cinemas e teatros, com até 35% da capacidade, como também shows de música e de comédia ao vivo. A Educação Infantil de escolas particulares também retomaram as atividades. 

Para a retomada dos eventos, foi desenvolvido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) um protocolo com recomendações para o retorno sustentável e seguro. Segundo Marta Campêlo, coordenadora de Promoção do Setor Industrial da Sedet e integrante do grupo de protocolos, o documento foi realizado a partir de uma estratégia de benchmarking, que analisou as realizações de outros estados e países em conjunto com os próprio protocolos do Estado. 

São 63 pontos divididos em cinco categorias: normas gerais; transporte e turnos; EPI’s; saúde dos funcionários; e condições sanitárias. A fiscalização ficará por conta de órgãos de controle oficiais e o protocolo está disponível no site da Sedet. 

Diversas recomendações são similares a outros protocolos, incluindo a distribuição de álcool em gel 70% em locais estratégicos e estimular o auto credenciamento, a fim de evitar contato físico. A novidade, segundo a coordenadora, é a classificação de eventos culturais, sociais, esportivos e corporativos, de forma especificar algumas recomendações para cada categoria. 

A coordenadora esclarece que as próximas decisões dependerão principalmente dos resultados da liberação e com os números do coronavírus. “Os próximos passos dependem muito do cenário da pandemia, ou seja, se melhorar os índices de recuperação dos contaminados pela Covid 19, então existe a perspectiva de ampliar o número de pessoas para os eventos também. Mas essa é uma decisão do Governador”. 

 

COMENTÁRIOS