Grupo Cidade
Grupo ARTE DE VIVER completa 22 anos de atuação efetiva no Ceará

Única companhia de teatro do Ceará com o SELO DE RESPONSABILIDADE CULTURAL, conferido pela Secretaria de Cultura do Estado, o Grupo Arte de Viver, é uma ONG sem fins lucrativos e chega aos seus 22 anos de atuação teatral efetiva. São mais de duas décadas, formando mais de 500 artistas entre adultos, adolescentes e crianças, acumulando acima de 40 montagens, entre grandes espetáculos, peças de conclusão de cursos e experimentos.

Pela comprovação dos trabalhos realizados, o Arte de Viver recebeu em 2020, o reconhecimento público como Ponto de Cultura pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Trata-se de mais uma comenda que reafirma o compromisso da ONG com a cultura local e a valorização de nossa gente, por meio de uma arte legitimamente cearense.

O Grupo tem como fundador, diretor-presidente e artístico Hemetério Segundo um dos grandes nomes do teatro do Nordeste. Obstinado pelo crescimento pessoal e profissional, é Mestre em Educação, na área de inovação pedagógica; Especialista em Arte-Educação, Gestão Escolar, Gestão Pública, Educação, Pobreza e Desigualdade Social; e no universo artístico é Ator, Autor, Diretor e Produtor Teatral, além de Professor efetivo da rede pública de ensino do Ceará e de Instituições de Ensino Superior.

Autor de livros publicados na área de teatro com distribuição nacional, Hemetério celebrará em 2023, o marco de 25 anos de trabalhos profissionais em Teatro e Educação, concentrando suas atividades nas áreas de arte, teatro, educação, tecnologias e sociedade.

No seu currículo profissional consta que Hemetério já foi vice-presidente da Federação Estadual de Teatro do Ceará e membro efetivo do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Fortaleza.

Hoje é acadêmico efetivo da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza, onde ocupa a cadeira 24, cujo patrono é Adolfo Caminha, que era considerado também, um homem das artes cênicas e um dos grandes expoentes do teatro e da literatura cearense.

Um dos pontos fortes do grupo é o trabalho com crianças e adolescentes. Nesse sentido, o teatro infantil pode ser uma atividade muito enriquecedora e que contribui muito para o desenvolvimento infantil. 

A criança ou jovem que pratica teatro, tem a possibilidade de se conhecer e se expressarem melhor. Ao participar de um espetáculo teatral, pode desenvolver habilidades de comunicação verbal e corporal, que vai ajudar a saber lidar com os outros e trabalhar em equipe. Dessa forma, vai melhorar a autoestima, sabendo apreciar seus pontos fortes e ter consciência dos aspectos que precisa melhorar. Também passa a ter mais interesse na leitura para poder dar vida e conhecer seus personagens.  Assim, sente mais vontade de descobrir novas narrativas.

Segundo Renato Texeira, pai do jovem Renato Muniz (25), desde que seu filho entrou no Grupo Arte de Viver, teve uma evolução na maturidade, se tornou um pouco mais responsável, sem falar na autoestima. Também melhorou a percepção, se transformando em um jovem mais perceptível. “O Renato não tem diagnostico fechado como autista, só que ele teve algumas convulsões durante a infância. Isso meio que atrasou o raciocínio dele. Vejo que o teatro ajudou muito meu filho em muitos aspectos” - afirma.  

A pequena Catarina Ventura (8), diagnosticada com autismo, diz que ama fazer teatro e que viver um personagem diferente é bem legal. “Eu pedi minha mãe para me colocar. Até já fiz uma peça e fui muito bem, viu,? Quero ser uma grande atriz”. 

O Grupo Arte de Viver, reconhecendo a importância dessa arte, oferece aulas de teatro com o objetivo de aprimorar a comunicação e a expressividade desse público. Por meio do teatro, eles superam a timidez, vencem o medo de falar em público e fortalecem sua autoestima, entre outras vantagens.

“O teatro ajudou bastante Pedro e Francisco, estimulando o conhecimento, a comunicação, criatividade, a memória e concentração. Francisco perdeu mais a timidez, melhorou a motricidade tornou-se uma criança com mais autonomia. Pedro desenvolveu bastante a criatividade e mostrou maior interesse por leitura”. Afirma Juliana pessoa, mãe de Pedro (6) e Francisco (13) que tem Síndrome Down. 

Esse conjunto de informações possibilita que as crianças possam aprender a expressar seus desejos e medos, o que é importante para o desenvolvimento emocional. 

De acordo com o Presidente e diretor do Grupo Arte de Viver, Hemetério Segundo, todas as aulas, ensaios e demais atividades artísticas e educacionais, assim como a preparação das montagens e eventos acontecem na sede do Grupo, que é própria, um exemplo raro de empreendedorismo artístico no Ceará, o Centro Cultural - Arte de Viver, localizado na Rua Samuel Uchôa, 395 no bairro Montese.

“Um espaço privilegiado em uma excelente localização, com uma estrutura completa para congregar todos os nossos direcionamentos, o que nos permite ousar ainda mais, proporcionando aos nossos artistas um espaço para a realização de sonhos. Com capacidade para ensaios e apresentações para até 80 expectadores; nossa sala principal dispõe de estrutura de som, luz e técnica, além, é claro, da sala de apoio, com ampla estrutura para servir de camarim privilegiado para tais apresentações” - explica Hemetério. 

Gabriel Mendes de sete anos, começou a fazer teatro no Grupo Arte de Viver, por incentivo de sua mãe, a jornalista e acadêmica de Medicina Veterinária, Fernanda Leite. “Estou amando e já estou até em uma apresentação, estamos ensaiando. Eu fico contando os dias para chegar o dia de ir ensaiar no teatro. Eu quero ser veterinário, bombeiro e agora ator” - comenta.

Fernanda Leite diz que acha a arte como teatro, dança e música de extrema importância para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. “Gabriel ama fazer vídeos, faz ótimas dublagens, mas também é muito tímido. Eu fiz teatro dos 12 aos meus 21 anos e sei a importância dessa arte e acredito que toda criança e adolescente deveria estudar teatro em algum momento da vida” - explica. 

“Teatro não serve só pra ser ator ou atriz, serve pra vida, pra olhar o mundo diferente, enfrentar nossos medos de frente e abraçar as oportunidades que aparecem sem medo de ser feliz, podemos fazer teatro para sermos pessoas melhores, profissionais mais sensíveis com um outro olhar para o mundo e principalmente para àqueles que estão a nossa volta” - diz Hemetério.

Emiliano Queiroz, um dos grandes artistas do Brasil, é só elogios para o trabalho do Hemetério e Grupo Arte de Viver. “Hemetério Segundo, meus parabéns, o seu trabalho é digno de respeito e admiração. São mais de duas décadas à frente do Grupo Arte de Viver, formando uma oficina, um celeiro de almas. O mestre, o diretor... é algo mais importante na trajetória de um artista, a semente plantada fica para sempre. O Hemetério faz um trabalho de extrema importância, ele traz um novo público a cada espetáculo que monta, ele faz a formação da plateia, dos atores. Monta espetáculos com crianças, adolescentes, jovens, pessoas mais velhas e assim vai trazendo textos e coisas significativas para aqueles que vão aos seus espetáculos. Para você Hemetério Segundo, a gratidão da cultura cearense”.

Hemetério é um empreendedor, mas também um artista educador que usa o teatro como ferramenta de transformação de todos que estão à sua volta, pois acredita que “todos devemos ser portas e janelas para dar oportunidade àqueles que, como nós, não as tiveram”, como ele mesmo diz.

Em julho vai acontecer no espaço do Grupo Arte de Viver (Rua Samuel Uchôa, 395, Montese), a Mostra Cursos Livres, nos dias 16 e 17, às 17h00 e Conclusão da Oficina Teatral Permanente, nos dias 15, 16 e 17, às 19h00. 

Serviço:

- 22 anos de atuação efetiva no Ceará do Grupo Teatral Arte de Viver.

- Teatro Infantil

- Endereço da sede: Rua Samuel Uchôa, 395, Montese.

- Fundador, diretor e Presidente do grupo: Hemetério Segundo. 

- Telefone para entrevistas: (85) 99104-3360

- Assessoria: (85) 99714-8251

COMENTÁRIOS