Grupo Cidade
Decreto estadual é mantido sem alterações após reunião de comitê

No Ceará, nas últimas duas semanas, houve um aumento de 219% dos casos de Covid em relação às duas semanas anteriores

Foto: Divulgação

Após reunião do comitê científico de enfrentamento à Covid-19, a governadora Izolda Cela (PDT) anunciou que decidiu manter o decreto estadual inalterado. A notícia foi compartilhada nas redes sociais na última sexta-feira, 24. Dessa forma, permanece a recomendação para que a população siga usando máscara em ambientes fechados e em abertos passíveis de aglomeração. 

No Ceará, nas últimas duas semanas, houve um aumento de 219% dos casos de Covid em relação às duas semanas anteriores. As informações são do último boletim epidemiológico da Sesa. No período, foram confirmados 2.702 novos casos e quatro óbitos. 

Ainda, a governadora comentou sobre o aumento de casos de positividade da Covid-19 em todo o Brasil, incluindo no Ceará, que vem preocupando autoridades e fazendo com que estados voltem a decretar o uso de máscara obrigatório.

“Os números mostram aumento da positividade de casos da Covid no Ceará. Porém, muito em função da vacina, não temos aumento na quantidade de internações graves nem registro de óbitos. Seguimos com a recomendação do uso de máscaras em locais fechados, sobretudo escolas, e espaços abertos com aglomeração. Lembrando que o uso da máscara continua obrigatório no transporte coletivo e nas unidades de saúde (hospitais, UPAs, postos de saúde, policlínicas etc.)”, destacou Cela.

A Secretaria de Saúde do Estado (Ceará) anunciou a abertura de mais três Centros de Testagem para Covid-19, em Fortaleza, no bairro Parangaba, no Maracanaú e no Juazeiro do Norte. As testagens serão gratuitas e o serviço atenderá mediante agendamento no site Saúde Digital. 

Covid no Ceará

Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos de UTI para síndrome respiratória aguda grave do Ceará, um dos principais indicadores para a situação da Covid, está em 34,48%. Já a taxa dos leitos de enfermaria está em 37,88%. No total, são dez pessoas aguardando vagas para leitos de UTI e 53 para leitos de enfermaria. Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde. 

A média móvel de casos confirmados, registrada na última quinta-feira, 23, está em 348, um aumento notável em relação ao mesmo dia no mês passado. No dia 23 de maio, a média estava em 52. 

Desde o começo da pandemia, o Ceará teve 1.256.281 casos confirmados de coronavírus e 27.163 mortes pela Covid-19.

 

COMENTÁRIOS