Ivanildo Nunes lançou sua coleção "O Reencontro do Eu Perdido"


Foto: Divulgação

Ivanildo Nunes apresentou sua coleção cápsula durante o DFB Digifest 2020, intitulada "O Reencontro do Eu perdido!". E para dar vida a essa coleção, o estilista utilizou o crochê, o rechilier e bordado manual. Tudo feito de forma exclusiva, aplicando, em algumas peças, sobras de materiais picados que virariam lixo.

“O verdadeiro luxo está no poder de transformar o óbvio em sofisticadas peças exclusivas, sem agredir o meio ambiente“, afirma Ivanildo. São peças que criam diversas possibilidades de conexão com o olhar humano e que eleva o artesanato à categoria de arte!

Conceito

E da Gaia surgiu a vida. Gaia é a deusa da Terra ou simplesmente Mãe-Terra nas mitologias grega e romana. Segundo o poeta Hesíodo, ela é a personificação do mundo se formando. De suas entranhas, o labirinto do caos se fez presente para a busca do Eu perdido, acessando o abstracionismo próprio das realidades humanas. É conectada com essa complexidade do reencontro com o Eu divino e utilizando formas abstratas do tingimento artesanal que nasceu a nova coleção.

 

 

COMENTÁRIOS