Wellington Campos: o nome que mescla talento e conhecimento para o sucesso virtual no Brasil

Se há um nome respeitado quando se pensa em sucesso virtual no Brasil, é o nome de Wellington Campos. Unindo talento e conhecimento, ele é referência no gerenciamento de conteúdo para a internet. “A produção de conteúdo no Brasil vai muito bem, mas ainda necessita de grandes ajustes para a maioria dos usuários de todas as plataformas. Acredito que muita gente está produzindo menos do que o ideal, esperando que as coisas aconteçam sem um planejamento ou até mesmo sem muito trabalho. Não existe nada que se compare aos perfis que produzem conteúdo de qualidade. O alcance só será válido se o conteúdo for algo diferente e que prenda a atenção das pessoas. A monetização tem e deve ser algo constante, portanto, se conquistar um alcance satisfatório, permaneça nele, produzindo o máximo de conteúdo possível”, contou. Confira abaixo:

Como se deu o start em sua vida para o trabalho virtual?

Com o surgimento do Twitter em 2006, eu notei que as agências de Publicidade não davam atenção para esse tipo de comunicação, foi nesse momento que decidi investir todo meu tempo para essa nova forma de se comunicar. No Brasil, o Twitter ganhou popularidade somente em 2008, e neste ano, eu já tinha na minha carteira grandes clientes da música brasileira.

De que maneira avalia a produção de conteúdo nas redes sociais brasileiras atualmente?

A produção de conteúdo no Brasil vai muito bem, mas ainda necessita de grandes ajustes para a maioria dos usuários de todas as plataformas. Acredito que muita gente está produzindo menos do que o ideal, esperando que as coisas aconteçam sem um planejamento ou até mesmo sem muito trabalho.

Qual a importância do Woody na sua trajetória?

O Woody transformou minha vida e potencializou o que eu desenvolvo em 16 anos de trabalho digital. Ele ultrapassou as barreiras do Brasil e me possibilitou dar consultoria em plataformas digitais de interatividade em praticamente o mundo todo.

Qual a melhor maneira de transformar alcance em monetização?

Não existe nada que se compare aos perfis que produzem conteúdo de qualidade. O alcance só será válido se o conteúdo for algo diferente e que prenda a atenção das pessoas. A monetização tem e deve ser algo constante, portanto, se conquistar um alcance satisfatório, permaneça nele, produzindo o máximo de conteúdo possível.

Qual o maior desafio de trabalhar no mundo virtual?

É estar em constante modificação. As coisas acontecem em segundos, e todos os dias são criadas novas ferramentas de trabalho. Também viver em busca de desafios sempre maiores, portanto, a busca de engajamento e melhor visibilidade é algo extremamente desafiador.

A quê atribui o sucesso e reconhecimento de sua carreira?

Eu foquei, já no início de minha carreira, os grandes artistas e neles montei minha forma de trabalhar com excelência. A exigência é muito maior que qualquer outro cliente, e você precisa criar novas ações diariamente. Acredito que desenvolvi grandes projetos que foram pioneiros no meio artístico, e muita coisa ainda é seguida exatamente da forma como foi criado por mim.

Como se dá o trabalho desempenhado com artistas e atletas?

Não tem grande diferença de um cliente normal, tirando, claro, a grande responsabilidade de cada ação. Procuro planejar a semana ou até mesmo o mês de todos e, baseado nesse planejamento, desenvolvo a criatividade nas ações. Agora pense só: já tive 21 artistas ao mesmo tempo e cuidava de todos praticamente sozinho. Os planejamentos viravam a madrugada em praticamente todos os finais de semana, que é o tempo que uso para planejar como será a comunicação da semana.

Qual a importância de Deus em sua vida?

Sem Ele, não sou nada. Minha vida nunca foi fácil, e Deus sempre me dá o melhor caminho a ser seguido. No amor ou na dor, Ele me acompanha fielmente.

Como tem sido sua quarentena?

Essa quarentena mudou minha rotina e minha vida, estou terminando um livro que fala um pouco da minha história junto com a do Instagram. Estou finalizando um curso online somente sobre Instagram, onde o principal objetivo é gerar bem-estar e sucesso para todos os usuários da plataforma. Criei a Mentoria 7 Estrelas de 1h30 para usuários do Instagram, onde ensino as melhores práticas, como vender e até mesmo como fazer sucesso na rede.

De que forma acredita que a pandemia irá impactar nosso modo de viver quando tudo isso acabar?

Os meios digitais ganharam muito mais força, e o que já era bom no oferecimento de serviços irá ficar muito melhor. Infelizmente, não acredito muito na ideia que as pessoas irão mudar, no sentido de mais amor com o próximo, por exemplo.

O que mais lhe dá prazer na vida?

Reconhecimento é uma das coisas que mais me dão prazer, mas amo viajar e conhecer novas culturas. Agora, imagina o que já tive oportunidade de realizar, que é viajar o mundo inteiro profissionalmente e ainda ser reconhecido. Isso, para mim, é algo mágico.

Como cuida do corpo e da mente?

Atualmente, cuido muito mais da mente do que do corpo, sei que preciso de um certo equilíbrio com o corpo, mas é algo que ainda tenho muitas falhas.

Como avalia a situação política e econômica atualmente no País?

Um verdadeiro desastre. Desisti de acompanhar quando comecei a analisar como tudo é tão sujo quando o assunto é política. Uma briga de ego e poder, todos se acham os donos da razão, e, no momento atual, onde a informação chega em tempo real, para mim, tudo ficou muito chato. Já trabalhei para três grandes campanhas no Brasil e pretendo não me envolver mais nesse assunto.

Para finalizar, quais os principais desejos para o futuro pessoal e profissional?

Desejo ensinar as pessoas a trabalhar com digital da melhor forma possível, através dos meus cursos e mentorias. Tirar um pouco desse poder de informações privilegiadas apenas de pessoas que têm grande alcance na comunicação. É gratificante ver alguém se transformar com seus ensinamentos, e quero muito isso agora e no futuro, ajudar no desenvolvimento de todos, de um simples empreendedor a um grande empresário.

COMENTÁRIOS